Use óleo de coco todos os dias e veja o que acontece com seu corpo - Saúde e Pesquisa Humana

O óleo de coco é um daqueles alimentos que chama muita atenção e gera muitos debates. Enquanto alguns especialistas em saúde o chamam de superalimento com uma combinação única de ácidos graxos que apoiam o bem-estar, outros chegaram ao ponto de rotular o óleo de coco de “veneno”. Como você pode dizer em quem acreditar?

Bem, como tantos debates acalorados, a realidade está em algum lugar no meio. É verdade que as populações que comem muito tendem a ter uma incidência menor de doenças cardíacas do que aquelas que não comem. No entanto, também é verdade que o óleo de coco contém cerca de 80% de gordura saturada, mais do que a carne vermelha com 50% de gordura saturada. Muita gordura saturada na dieta leva a problemas cardiovasculares, incluindo doenças cardíacas.

São realmente os triglicerídeos de cadeia média do óleo de coco que fornecem os benefícios à saúde. Depois de entender como eles se comportam no corpo, você pode decidir se um regime diário de óleo de coco é adequado para você. Vamos detalhar as coisas boas e não tão boas que podem acontecer ao seu corpo se você comer óleo de coco todos os dias.

1. Aumento da queima de gordura

Os triglicerídeos de cadeia média (MCTs) no óleo de coco são creditados com o aumento do número de calorias que você pode queimar. Um estudo descobriu que a ingestão de 15 a 30 gramas de MCTs por dia aumenta o gasto de energia (queima de calorias) em 5%.

Quando você está tentando perder peso, qualquer queima extra pode ajudar. E essa é a chave para tirar o melhor proveito de uma dieta rica em MCTs – isso deve ser feito em conjunto com uma redução de carboidratos e, melhor ainda, um regime de exercícios.