Todos os Artigos

Mulher sai para seu pátio e encontra um cachorro de rua confortavelmente instalado em seu sofá

Mulher sai para seu pátio e encontra um cachorro de rua confortavelmente instalado em seu sofá

Um cachorrinho sem-teto que estava cansado da vida nas ruas passou a morar com uma mulher na esperança de que ela o adotasse. Seus olhos suplicantes e sua inteligência não se encaixavam na cena que surpreendeu Amy certa manhã. Esta é uma história tocante que nos mostra o quanto esses animais sofrem quando estão desprotegidos.

O cachorrinho só queria uma coisa: um lar.Cachorro

Ami Haden é uma amante dos animais por natureza. No passado, ele esteve envolvido na adoção de alguns peludos de forma temporária, além de incentivar conhecidos a adotar um filhote de cachorro sem-teto.

Dentro de sua família há dois cães que entraram em sua vida depois de uma experiência traumática, mas Ami nunca imaginou que uma manhã alguém único literalmente batesse em sua porta.

Um cachorrinho misterioso se instalou em seu quintal e não tinha intenção de sair.

O olhar terno e suplicante do cachorro comoveu Ami demais, que em primeira instância não pôde evitar gravá-lo. Mesmo sem amanhecer, a mulher pegou o cachorro enrolado em um dos móveis de seu quintal.

Aparentemente, o cachorrinho passou a noite em casa procurando calor e abrigo, e agora ele não queria sair. Quando Amy se aproximou dele, o animal não deu sinais de querer fugir, pelo contrário, o cachorro estava muito bem acomodado.

O filhote tinha apenas 1 ou 2 anos.

Amy percebeu o quão dócil o cachorro era e começou a acariciá-lo, a ligação entre os dois foi imediata, mas ela teve que se certificar de que não era o cachorrinho de um vizinho e começou a investigar a área.

Uma das filhas de Amy acordou e ficou surpresa ao ver o cachorro ali, principalmente porque não sabiam como ele havia conseguido entrar na casa.

O que eles tinham certeza era que não era seu animal de estimação e eles temiam que alguém estivesse procurando por ele.

“’Não, este cachorro não é nosso. Quem é aquele cachorro? Não é o cachorro do vizinho. Eu sei que você não tem um cachorro que se pareça com ele’, ele me disse e eu apenas disse a ele que não sabia. Acabei de encontrá-lo descansando na varanda”, contou Amy.

Depois daquela breve conversa com a filha, Haden sabia exatamente o que fazer. Ele não podia deixar o cachorrinho sozinho, além de se recusar a ir embora.

Amy enviou mensagens para sua comunidade para saber se o peludo pertencia a alguém e também levou o menino ao veterinário para um check-up. Mas acima de tudoqueria saber se o cachorro tinha algum microchip que o identificasse como o animal de estimação de alguém.

Nenhuma das estratégias funcionou ninguém parecia saber de onde o cachorro tinha vindo, por isso Amy decidiu adotá-lo. No entanto, as coisas não correram como esperado porque Walter (como ele chamava o cachorro no sofá) não se encaixava no ritmo de casa.

O peludo não se dava bem com os outros cães de Amy e a situação em casa ficou perigosa. Os cães tinham muito ciúmes um do outro e a mulher tinha medo de que eles se machucassem.

Mas o compromisso de Ami com a ruela ainda estava intacto.

O amante dos animais escolheu encontrar um lar melhor para Walter e não demorou muito para que uma nova oportunidade aparecesse para este canino. Uma senhora idosa procurava um animal de estimação e uma amiga de Ami os colocou em contato.

“Ele nos disse que estava orando por um cachorro como ele e que éramos a resposta às suas orações”, lembrou a gentil mulher.

Apesar de não ter ficado na casa que esperava, o plano do peludo deu certo e agora Walter é um cachorrinho amado e protegido por uma avó amorosa. A história dele é bem diferente hoje.

Deixe um comentário