2 Gatinho escapa de sua gaiola para fazer companhia a cachorra assustada durante visita ao veterinario

O gatinho teve uma atitude de muita generosidade com a amiga canina e ganhou o coração de muita gente.

Ginger Biscuit é um felino com um coração gigante, provando mais uma vez que os animais são sim capazes de nutrir sentimentos positivos e agir com mais companheirismo e carinho do que muitos humanos.

Em março, ele foi resgatado de um bueiro depois de uma tempestade. Completamente encharcado e sem amparo, precisava de cuidados, então foi levado por um socorrista ao Hospital de Animais de Greenside, em Joanesburgo, na África do Sul.

  • Compartilhe no WhatsApp
  • Compartilhe no Telegram

Como a equipe não tinha nenhuma informação sobre as condições de saúde do gato, optou por colocá-lo na ala de isolamento, para se recuperar com tranquilidade e segurança.

No entanto, a primeira experiência com o novo lar foi um pouco assustadora para Ginger, que tinha de 8 a 10 semanas de idade, e ficou um pouco cauteloso com todos os que se aproximavam dele, pois não estava acostumado com a presença de humanos.

2 Gatinho escapa de sua gaiola para fazer companhia a cachorra assustada durante visita ao veterinario

Direitos autorais: Reprodução Greenside Animal Hospital

Apesar da timidez, o gatinho se mostrou muito amoroso e fã dos humanos depois que o susto inicial foi embora, então passou a interagir com eles. Depois de uns dias, chegou à área de internação Anne, uma cadelinha de rua encontrada escondida em um arbusto, em um clube esportivo próximo do centro animal.

Anne estava coberta de pulgas e carrapatos e com a saúde bastante debilitada. Um dos treinadores do clube levou a cadelinha ao hospital, e logo todos puderam ver que ela estava bastante doente e precisava muito de ajuda.

  • Conheça o site O Amor
3 Gatinho escapa de sua gaiola para fazer companhia a cachorra assustada durante visita ao veterinario

Direitos autorais: Reprodução Greenside Animal Hospital

Então uniram forças e entraram em ação para curá-la, deixando-a inicialmente na ala de isolamento, onde estava Ginger. Em situações normais, os cães e gatos do hospital são mantidos em áreas separadas, mas a ala de isolamento é usada em casos especiais. Anne e Ginger estavam em lados opostos da sala e não tinha como terem nenhum contato.

janela._taboola = janela._taboola || []; _taboola.push({ mode: “thumbnails-title”, container: “taboola-below-title-widget”, placement: “Below Title Widget”, target_type: “mix” });

Porém o gatinho resolveu socializar e se aproximar da nova colega. Um belo dia, quando a equipe do hospital entrou na ala de isolamento, reparou que Ginger não estava em sua gaiola, mas junto com Anne, que parecia muito assustada no novo lar.

4 Gatinho escapa de sua gaiola para fazer companhia a cachorra assustada durante visita ao veterinario

Direitos autorais: Reprodução Greenside Animal Hospital

Os médicos disseram que subestimaram a capacidade do gatinho de se contorcer pela porta da gaiola em que foi colocado, mas que nunca consideraram Anne um risco para Ginger, uma vez que ela estava muito debilitada, mas que quando os viram juntos pela primeira vez, eles se assustaram, porque esses animais não se dão bem sempre.

5 Gatinho escapa de sua gaiola para fazer companhia a cachorra assustada durante visita ao veterinario

Direitos autorais: Reprodução Greenside Animal Hospital

Porém a insegurança logo passou, quando viu que os dois animais estavam agindo como verdadeiros amigos, apoiando e sendo carinhosos um com o outro. O gatinho acalmava a cadelinha, e vice-versa, e embora a equipe tentasse separá-los, isso não foi possível, porque Ginger sempre voltava para o lado da companheira.

Por conta disso, agora dividem a mesma caixinha, e estão muito felizes com isso. A união parece até estar beneficiando a saúde deles. Anne, por exemplo, estava debilitada quando chegou ao hospital, mas está muito mais forte e firme na sua recuperação ao lado do amigo felino.

6 Gatinho escapa de sua gaiola para fazer companhia a cachorra assustada durante visita ao veterinario

Direitos autorais: Reprodução Greenside Animal Hospital

A presença de Ginger dá a Anne alguma coisa para se concentrar e cuidar, além da segurança e tranquilidade de que ela estava precisando.

Os veterinários contaram que a cadelinha e o gatinho adoram se aconchegar e até fazer refeições juntos. Embora tenham seus brinquedos, o que Ginger mais gosta de fazer é perseguir o rabo de Anne.

Essa amizade é muito bacana porque prova que quando o sentimento é verdadeiro, supera qualquer diferença!