2 Cadelinha doente e levada por seu dono para um ultimo passeio em sua praia preferida

O homem demonstrou muito amor e sensibilidade ao cãozinho em seus últimos dias!

Os animais de estimação, para a maioria de nós, são parte da família que guardamos no fundo do peito.

Eles nos acompanharam nos momentos mais escuros de nossas jornadas e foram nossos companheiros fiéis mesmo quando todos os humanos nos viraram as costas. Sempre enxergaram o nosso coração e a nossa índole, e estão interessados apenas em nossa amizade sincera, não nos nossos bens materiais ou nas portas que podemos abrir para eles.

  • Compartilhe no WhatsApp
  • Compartilhe no Telegram

Esses animais nos transformam de dentro para fora, ensinando-nos sobre simplicidade, pureza, amizade e dedicação. Eles nos cativam e nos mostram que as relações podem ser muito mais simples e positivas do que podemos acreditar.

Sejam eles cães, gatos, pássaros, roedores, entre outros, os animais de estimação são uma parte importante da nossa vida, que sempre nos incentivam a ser nossa melhor versão.

Infelizmente, esses seres costumam ter vida mais curta que a nossa, e em muitos casos precisamos nos despedir deles antes do que gostaríamos. Doenças, fatalidades e velhice são alguns dos fatores com os quais precisamos lidar quando temos animais de estimação, e quando a realidade nos confronta e nos mostra que teremos menos tempo com eles do que imaginamos, podemos ser dominados pela tristeza do luto precoce.

Alguns ficam até desorientados ao descobrir que seus animais estão doentes e têm pouco tempo de vida, sem saber qual a melhor maneira de viver os últimos dias ao seu lado. Outros, no entanto, conseguem deixar as emoções de lado por algum tempo, para que consigam aproveitar da melhor maneira possível a companhia de seus parceiros antes que eles expirem.

  • Conheça o site O Amor

Há quem faça festas para seus animais, quem os leve para viajar ou mesmo que reúna os seus amigos e realize suas vontades nos momentos finais, mas outros preferem viver esse momento de forma introspectiva, valorizando apenas aquilo que seus companheiros mais apreciam.

janela._taboola = janela._taboola || []; _taboola.push({ mode: “thumbnails-title”, container: “taboola-below-title-widget”, placement: “Below Title Widget”, target_type: “mix” });

O italiano Piero Temperato, há algum tempo, tocou o coração de muitos internautas ao compartilhar em seu perfil no Facebook uma publicação sobre sua cadelinha Greta. A cachorrinha estava velhinha e doente, cada vez mais perto do fim da vida. Como todos que têm cães sabem, eles podem ficar debilitados nessa situação, perdendo a animação clássica.

2 Cadelinha doente e levada por seu dono para um ultimo passeio em sua praia preferida

Direitos autorais: Reprodução Facebook / Piero Temperato

Piero decidiu que Greta não precisaria parar de curtir a vida e fazer o que gostava porque estava debilitada, então, num ato de puro amor, ele resolveu levá-la para um de seus lugares preferidos: a praia.

Na publicação que conta com mais de 17 mil curtidas, o tutor colocou algumas fotos de Greta deitada sobre uma manta, travesseiro e debaixo de um cobertor, de frente para o mar, e escreveu a seguinte mensagem: “Eu sei…, sou louco por ter trazido você aqui no seu estado…, mas queria te proporcionar essa alegria…, porque eu sei que você adora ver a imensidão do mar, a mesma imensidão do amor que tenho por você…”

3 Cadelinha doente e levada por seu dono para um ultimo passeio em sua praia preferida

Direitos autorais: Reprodução Facebook / Piero Temperato

A postagem derreteu o coração de muita gente, especialmente de quem também já amou muito um animal mas, por algum infortúnio, teve que se despedir dele.

Piero deu um exemplo do tipo de humanos que precisamos ser para os nossos animais, eles nos amam tanto, fazem tudo que podem por nós, e o mínimo que devemos fazer é retribuir-lhes com a mesma intensidade e fazer o nosso melhor para que o seu final seja o mais feliz possível!

4 Cadelinha doente e levada por seu dono para um ultimo passeio em sua praia preferida

Direitos autorais: Reprodução Facebook / Piero Temperato

Com certeza, Greta está feliz e grata por ter tido um companheiro como ele!